segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Corretivo colorido neutraliza imperfeições

Disfarçar espinhas, olheiras e outras imperfeições é o papel do corretivo. E engana-se quem pensa que o produto só existe com tonalidades de pele. Há também opções coloridas - normalmente verde, amarelo e lilás -, que podem ajudar bastante na tarefa de deixar o rosto uniforme, se usadas de maneira correta, é claro.
Apostar no corretivo lilás em uma olheira violeta só piora a situação, por exemplo. Como, então, saber qual é o melhor para cada caso? "Vermelho, azul e amarelo são cores básicas e têm suas complementares, que as neutralizam. Se tenho uma olheira violeta, a cor que a neutraliza é o amarelo, a única que não participa da sua formação, já que é o resultado da mistura de vermelho e azul", disse a beauty artist Penélope Beolchi. Sendo assim, o verde é indicado para marcas avermelhadas e, o lilás, amareladas.
De acordo com Penélope, os produtos coloridos disfarçam mais que os nudes, mas deixam a pessoa pálida. "Se não quer um rosto branquinho para o inverno, tem de usar depois uma base com o tom que a pele fica quando bronzeada. Os corretivos beges são mais práticos para o dia a dia e deixam o rosto menos branco. Aplicar o colorido por baixo de um de cor de pele intensifica o resultado."
Confira algumas dicas da profissional sobre corretivos:
1) O corretivo pode ser espalhado com o próprio dedo, dando leves batidinhas
2) Nem pense em comprar produtos com um tom abaixo do de sua pele. Opte pela tonalidade mais próxima à que exibe quando bronzeada
3) Orientais que vão se casar e o vestido branco evidencia a pele amarelada devem passar por baixo da maquiagem o corretivo lilás
4) Homens que querem esconder o tom esverdeado da pele após fazer a barba podem apostar em corretivos vermelhos
5) Pessoas branquinhas com bochechas extremamente vermelhas têm como opção o produto verde
6) Para quem tem olheiras difíceis de esconder, a dica é passar um pouco de batom laranja por baixo do corretivo
Patricia Zwipp especial para Terra